Relatório de Actividade

Ano 2013

Relatório de Actividades da Sociedade Portuguesa de Diabetologia do ano 2013

 

Reuniões da Direcção da SPD

No seu terceiro e último ano de mandato a Direcção reuniu dez vezes.

 

Grupos de Estudo

A SPD tem, desde sempre, apoiado os seus Grupos de Estudo e fomentado a sua criação.

1 – “Grupo de Estudo de Tecnologias Avançadas em Diabetes – GETAD” – Coordenador Dr. Bragança Parreira

2 – “Grupo de Estudo de Educação em Diabetes” – Coordenador Prof. João Filipe Raposo

3 – “Grupo de Estudo de Investigação Fundamental e Translacional – GIFT” – Coordenadora Prof. Paula Macedo

4 – “Grupo de Estudo de Neuropatia Diabética” – Coordenadora Dra. Luísa Raimundo

5 – “Grupo de Estudo de Diabetes e Gravidez” – Coordenador Dr. Jorge Dores

6 – “Grupo de Estudo do Pé Diabético” – Coordenador Dr. Rui Carvalho

7 – “Grupo de Estudo de Epidemologia em Diabetes” – Dr. Simões Pereira

8 – “Grupo de Estudo de Diabetes e Doença Cardiovascular” – Coordenador Dr. Pedro Matos

9 – “Grupo de Estudo de Recomendações Terapêuticas” – Coordenador Dr. Rui Duarte

10 – “Grupo de Estudo de Nefropatia e Transplantação” – Coordenadora Dra. Margarida Bastos

11 – “Grupo de Estudo de Enfermagem em Diabetes” – Enfª. Isabel Correia

12 – “Grupo de Estudo de Diabetes na Criança e no Adolescente” – Coordenadora Dra. Rosa Pina



Reunião Anual da SPD – 2013

Realizou-se a Reunião Anual da SPD em Tomar, a 1 e 2 de Março de 2013.

Alteração do modelo prévio:

  • . Participação da Indústria Farmacêutica

  • . Posters

  • . Comunicações orais

Atribuição de 2 Bolsas e 1 Prémio

Bolsa de Estudo Pedro Eurico Lisboa, SPD/Bayer”

Bolsa Dr. M. M. Almeida Ruas SPD/Novo Nordisk”

Prémio SPD/Sanofi”



Prevadiab 2

Segunda fase do Estudo PREVADIAB

Coordenação: Dr. Luís Gardete Correia.



Renapedi

Registo Nacional de Pé Diabético Infectado.

Coordenação: Dr. Rui Carvalho.



HIPOS-ER

Hypoglycemia In POrtugal Study – Emergency Room

7 centros:

  • Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro

  • Centro Hospitalar do Porto

  • Centro Hospitalar de S. João

  • Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra

  • Centro Hospitalar de Lisboa Norte - Hospital de Stª. Maria

  • Hospital Beatriz Ângelo – Loures

  • Hospital Distrital de Faro



Patrocínio MSD



Programa “Juntos é mais fácil”

SPD como um dos promotores do programa “Juntos é mais fácil”

Objectivo: Ajudar a pessoa com diabetes e a sua família a compreender a doença e os tratamentos, a colaborar nos cuidados e a responsabilizar-se pelo seu estado de saúde, favorecendo a sua autonomia.



Patrocínio Novartis



Linhas de Investigação na Área da Diabetes

Comissão para política de Investigação – Prof. Doutor José Luís Medina (Presidente)

Comissão para revisão de bolsas – Prof. Doutora Manuela Carvalheiro (Presidente)



Colaboração com outras Sociedades e Serviços

Colaboração activa com outras Sociedades Médicas, concedendo o patrocínio científico a vários congressos, jornadas e cursos de reconhecido mérito científico na área da Diabetologia.



Agosto 2014

O Secretário-Geral da SPD

José Silva Nunes

Pesquisar

Newsletter



Nº 8/02

 

Caros sócios

É na qualidade de Presidente eleita da SPD que pela primeira vez me dirijo aos sócios da SPD.
A nova Direcção eleita, no passado mês de Março na Assembleia Eleitoral, que teve lugar durante o 5º Congresso Português de Diabetes, tem um compromisso perante todos os associados, que decorre do conteúdo do Programa de Acção que se propôs a realizar no próximo triénio.

Tem esse Programa, alguns phpectos que para a Direcção constituem verdadeiros pontos de honra, e que passo a enumerar:

1. No que respeita à vida da SPD

a. Conseguir o Estatuto de Entidade de Utilidade Pública.
b. Lutar pelo reconhecimento da Especialidade de Enfermeiros Educadores em Diabetes.
c. Dinamizar os Grupos de Estudos da SPD, já constituídos (Nefropatia Diabética; Pé Diabético; Diabetes e Gravidez; Doenças Cardiovasculares (DCV) na Diabetes e Diabetes e Menopausa) ou a constituir sob proposta dos sócios (já foram sugeridos mas aguardam coordenador e desenvolvimento o de Epidemiologia, Nutrição e Qualidade de vida) sugerindo a Reunião Anual (inter-congressos) como palco ideal para discussão e apresentação de propostas de trabalho. O programa de acção dos grupos de estudos já constituídos e respectivos coordenadores pode ser consultado no site da SPD (www.spd.pt), que igualmente pode servir para os colegas que aindo o não fizeram se inscreverem nos grupos de Estudo.
d. Implementar a produção científica em Diabetologia, concedendo patrocínio aos eventos científicos e atribuindo Bolsas, Prémios e subsídios (para tal ser possível tem a SPD contacto com o mecenato da Indústria Farmacêutica). Embora alguns destes incentivos já estejam em curso, não têm suscitado grande procura pelos associado (referimo-nos especificamente aos prémios por trabalhos originais), pelo que a Direcção da SPD, se vai empenhar mais profundamente na sua divulgação.
e. Manter o contacto com os sócios através dos diversos canais já em funcionamento: Cartas do Presidente; Página da Internet (www.spd.pt) e Boletim da SPD.
A página da Internet, que a Direcção tem procurado dinamizar tornando-a um local de intervenção para os associados. Contamos convosco, no envio de textos, comentários, agenda científica e outros assuntos relacionados com a Diabetes.
f. Manter as actividades já clássicas da SPD, a Reunião Anual e o Congresso, estando já definido que o 6º terá lugar na cidade do Porto, cumprindo-se a rotatividade entre as diversas zonas geográficas reiterada pelos sócios na última Assembleia Geral.
g. Continuar com a SPEDM, a APDP e outras Associações de Diabéticos, a celebrar a 14 de Novembro o Dia Mundial da Diabetes, que este ano terá a sua celebração oficial em Coimbra. O tema proposto pela IDF é Diabetes e Cegueira
h. Manter e desenvolver contactos com as congéneres internacionais e a IDF, através de representação activa nas actividades da IDF Europa.
i. Por último facilitar a actualização das quotizações, através de cobrança bancária ou outras formas a estudar.

2. No que respeita às relações com o Ministério da Saúde

a. Tem vindo a SPD a colaborar com as autoridades de saúde no âmbito do Programa de Controlo da Diabetes. Esta actividade não tem sido sempre proveitosa, por vezes tem até sido frustrante, sendo estreita a margem de manobra da SPD, que continua a reivindicar a sua qualidade de parceiro privilegiado no âmbito da formação e da actualização dos cuidados a prestar às pessoas com diabetes.
b. A SPD considera ainda como prioritário o empenhamento pela introdução no mercado de novos fármacos e tecnologias, devidamente comparticipadas financeiramente, com vista a atingir ganhos em saúde para as pessoas com diabetes. Nesse sentido, tudo fará para junto das autoridades (Infarmed, DGS...) contribuir para a resolução deste problema que coloca a diabetologia nacional na cauda da Europa
c. Outras Propostas
d. Para o próximo triénio gostaria a SPD, de conseguir com a ajuda de todos os sócios levar a cabo algumas realizações inovadoras, tais como a criação de uma Revista de Diabetologia, órgão da SPD e a realização de Cursos Pós-graduados mono temáticos (eventualmente satélites do Congresso ou da Reunião Anual)

Colegas, temos a consciência que a nossa eleição assentou no programa e acção que apresentámos e cujas linhas mestras resumimos nesta carta. Procuraremos consolidar a SPD,

fortalecendo-a e melhorando o seu funcionamento.

Contamos convosco.

 

Junho 2002
João Nunes Corrêa