Relatório de Actividade

Ano 2012

 

RELATóRIO de ACTIVIDADES da SOCIEDADE PORTUGUESA de DIABETOLOGIA do ano 2012

Pesquisar

Newsletter



Posição da SPD face ao Guia do Diabético

Proposta da SPD em relação ao Guia do Diabético.

  1. Considera a SPD que não foram atingidos os objectivos principais para os quais foi criado o Guia do diabético. Tal ficou a dever-se à não adesão da esmagadora maioria da Classe médica e dos principais interessados: - as pessoas com diabetes. A mensagem que passou foi a de que o Guia era um instrumento, mal explicado, para a aquisição do material de autovigilância nas Farmácias e não um instrumento educacional e de acompanhamento cujo objectivo era o de se obterem ganhos em saúde para os diabéticos.

  2. Um objectivo secundário, embora importante, seria a possibilidade de se poder estimar o número de diabéticos existentes no país através do número de Guias distribuídos. Faltar-lhe-ia sempre o rigor epidemiológico o que, aliado a deficiências burocráticas impediram uma estimativa válida.


Assim, considerando o futuro do Guia do diabético, propomos:

  1. Que dada a entrada do material de autovigilância no circuito normal do medicamento, não faz mais sentido a necessidade de apresentação do Guia nas farmácias. Embora esta exigência já não conste no Despacho de 2003 que revogou o Protocolo, gostaríamos de ver escrito «preto no branco» esta dispensa de apresentação do Guia nas farmácias.

  2. Que o Guia do diabético passe a ser um instrumento educativo no âmbito da Educação terapêutica do diabético e que como tal deva ser integrado numa perspectiva de acompanhamento clínico e de avaliação dos parâmetros de qualidade de vigilância e controlo metabólico em suporte informático de fácil acesso e utilização pelos prestadores de cuidados de saúde à escala nacional.

    • Para uma melhor fundamentação das medidas a propor por esta Sub-comissão de avaliação do Guia do Diabético, propomos, também, a realização de um estudo ou inquérito ao preenchimento actual do Guia do Diabético em amostras representativas da população, médica e doentes, podendo também serem pesquisados estudos eventualmente já realizados no âmbito de outras investigações ( mestrados, por exemplo).


Pela SPD

Rui Duarte

Lisboa, 26 de Junho 2004